Lana, a menina do meu coração!

Ela era a minha menina, veio para nossa casa em bebé, fui mãe dela, companheira e amiga. E ela foi a melhor companheira e amiga que algumas tive. Quando estava chateada e enervada, sentava-se em cima de mim, para lhe fazer festas e dar mimo e assim eu acabava sempre por me acalmar. Se chorava vinha lamber-me as lágrimas e claro dava-me turrinhas até parar de chorar.