Por muito que uma pessoa seja positiva e tente encarar o seu problema de saúde da melhor forma, seja ele qual for, existem sempre momentos de desespero.

No meu caso não é diferente! Apesar de tentar transmitir uma forma positiva com que encaro a minha doença,  insuficiência renal crónica, apesar de dizer que aprendi a viver com isto, que optei a não me atirar para uma cama e desistir.  Apesar de tudo isso, também vivo muitos momentos negros, de muita negatividade, de muito desespero.

Hoje é um desses dias, um dos dias em que chego do meu tratamento de 7 horas (porque faço diálise noturna), em que acordo já com um imenso latejo na cabeça, como se sentisse todo o sangue a irrigar-me o cérebro, como se conseguisse sentir cada comunicação passada entre os meus neurónios. E em que a única coisa que quero é dormir!

Mas olho em volta e penso que tenho de sacrificar mais um pouco, tenho de sorrir quando quero chorar e penso… é só mais um passo, daqui a pouco tudo passa! Mas não consigo!

Nas últimas semanas são menos os dias que passo bem, do que aqueles em que passo mal. Mas vou caminhando em frente na esperança do próximo ser melhor. Mas hoje, hoje estou cansada! Sinto cansada de tentar, de lutar! Sinto cansada de tanto positivismo quando no fundo quero desistir.

Tentei com todas as minhas forças não atingir este ponto outra vez, juro que tentei afastar esta nuvem negra de cima de mim, mas as dores, o mau estar venceu-me e um contratempo despontou o meu desespero.

Este desespero invade a minha alma, toma conta de tudo e inicia uma catapulta de sentimentos, emoções e recordações. Parece que tudo o que houve de negativo na minha vida me invade, sem deixar espaço para qualquer tipo de pensamento melhor ou bom.

Sinto um nó na garganta, uma revolta, sinto-me injustiçada, magoada. Mas hoje não consigo chorar! É horrível quando entro neste loop. É desesperante!

No meu caso, deixo-me estar quieta. É como se fosse um furacão! Deixo varrer tudo em volta e aguardo que passe! Tento dormir na minha agonia, na esperança de acordar melhor!

Sim, a minha vida deu-me limões e eu fiz uma bela limonada. Mas de quando em quando até a mim me sabe amargo!

O importante é saber que estes momentos existem, dar tempo e acreditar que não são para sempre. E tentar no dia seguinte ou no outro voltar a levantar e caminhar, com um nem que seja mínimo, sorriso na cara.

Porque temos de sorrir para a vida, para ela nos sorrir de volta! Hoje não, mas amanhã talvez!

Bom fim de semana!

Comentários

2 comentários

Eu · 4 Junho, 2017 às 7:24 AM

Todos nós nos sentimos assim em momentos conturbados.
Só que desistir não é a solução mais fácil. Parece…mas não é

    paulaalmeida · 4 Junho, 2017 às 10:02 AM

    É verdade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Beleza

O truque do “blender makeup sponge”

Toda a gente conhece esta esponjinha mágica de maquilhagem, certo? O blender makeup sponge? E usá-la, também? Pois aqui a tontinha, conhecia a dita muito bem! E até fazia questão de a ter dentro da Ler mais…

A minha história

Respira

Sinto-me aterrorizada… Não consigo respirar… o coração está acelerado e sinto-me a sufocar! Quero fugir… quero deixar tudo… não quero isto para mim… não tenho força! Calma, digo para mim própria, respira! E respiro, vezes Ler mais…

Home

Jack Savoretti

Hoje trago música, para os ouvidos e para os olhos! Não sei se conhecem, mas este rapaz de origem italina, chama-se Jack Savoretti. Um cantor acústico na língua inglesa! Savoretti já conta com 5 álbuns Ler mais…

%d bloggers like this: