Está um calor de morrer!

Não sei se é devido à minha condição de saúde, se sou eu que estou a ficar velha ou o quê? Mas cada ano que passa tenho sempre a sensação que não vou sobreviver ao calor!

Tenho estado fechada em casa, porque não consigo andar na rua. De manhã vou levar o meu filho à escola e depois ta partir da 13 da tarde, fica tudo impossível.

Hoje cheguei ao cúmulo de fechar todas as persianas da sala, colocar tudo às escuras e ligar a ventoinha directamente para mim, porque estava com tanto calor que nem respirar conseguia. E isto ainda estamos em Junho.

Eu acho que esta “alergia” ao calor começou à 3 anos quando fiquei doente. De ano, para ano cada vez está pior!

Quando fica as horas de mais calor, começo a ficar mal disposta, sinto o corpo a inchar para todos os lados, sinto arritmia e fico como se algo estivesse a espremer o peito. Horrível!

Não sei como fazer este ano, como vou sobreviver!

Estou a pensar seriamente comprar uma arca congeladora e entrar lá para dentro,  pedir ao meu marido para a desligar só em Outubro para iniciar a descongelação.

E amanhã é a festa do meu filho no colégio às 17h e tenho de ir porque estou sozinha e o marido de viagem em França. Vou morrer, já estou a avisar!

Será que sou só eu, ou anda mais alguém a passar pelo mesmo?

 

Comentários
Categorias: A minha históriaHome

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Home

5 filmes de terror

Os meus 5 filmes preferidos de terror! Sempre adorei desde muito cedo filmes de terror. Quando era nova e vivia em casa da minha mãe, recordo que ficava todos os Sábados à noite na sala Ler mais…

Home

musicfest.pt

Quem gosta de música? Conhecem o site musicfest.pt? Este site é sobre música, aqui podem encontrar fotos da vossas bandas favoritas nos últimos concertos ou festivais em Portugal. Podem também consultar sobre o  cartaz e Ler mais…

Home

O 1º concerto que fotografei

No Meo Sudoeste o marido “picou-me” para fotografar um concerto sozinha. Foi um concerto no palco secundário, mas isso não significou que eu não ficasse na mesma nervosa. Primeiro, esta coisa da fotografia só agora Ler mais…

%d bloggers like this: